sábado, 19 de setembro de 2009

O cão que salvou uma vida

Sou amante dos animais, especialmente dos cães. Tenho uma yorkshire que é como uma filha para mim e minha mulher - recebe todos os carinhos possíveis, cuidados e educação como qualquer criança. Por isso me emociono quando vejo histórias envolvendo animais. Vejam só essa: durante a semana fui entrevistar o Carlinhos, da Fazenda da Record, para uma matéria sobre "compulsivos eletrônicos" (gente que adora tecnologia). Ao sair do apartamento dele no Itaim, me deparei com esse cara do vídeo abaixo. Chama-se Jerry Adriane. Sim, por homenagem dos pais ao cantor da Jovem Guarda. Jerry era Policial Militar lotado no canil da PM. Tinha mulher e um filho e uma vida confortável. Há cerca de um ano, quando voltavam de uma festa pela Raposo Tavarez, o carro capotou. A mulher e o filho morreram no acidente. Desnorteado, Jerry largou tudo - o trabalho, a casa onde morava, os amigos - e foi viver na rua, como mendigo. Morou embaixo de pontes e viadutos, pedia comida em porta de restaurante, não tomava banho e quis se matar várias vezes. Sentia culpa pela morte da família. Certo dia ganhou de presente de alguém o cachorro do video, um border-collie. Adestrou-o, deu-lhe carinho e dividiu com o cão a pouca comida que conseguia na rua.

Hoje Jerry recuperou sua vida. Conseguiu alugar um quartinho no bairro e ganhou algum dinheiro fazendo apresentações com o cachorro em programas de tv. O que mais me emocionou foi o que ele disse sobre seu melhor amigo: "Esse cachorro me trouxe de novo à vida. O amor dele por mim e o meu por ele me fizeram acreditar de novo que eu poderia me reerguer. Foi a dedicação a esse bicho que me fez esquecer a idéia de me matar, de me atirar de um viaduto".

E ainda tem gente que acha que os cães são animais e tem de ser tratados como tal.

video

seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário