sábado, 13 de dezembro de 2008

Um ato digno de prêmio!

Volto a falar sobre a inundação no Vale do Itajaí. Em meio a essa tragédia toda ainda há espaço para aqueles que, com atos simples e humildes, dão um banho de moral, dignidade e honestidade nos safados e ordinários que se aproveitam da dor e do desespero das famílias para ganhar dinheiro, vendendo água de torneira a 15 reais e botijões de gás a 120 reais.

Se tivéssemos de escolher alguém, dentre as milhares de pessoas e voluntários que deixam sua dor de lado para ajudar os outros, eu votaria no seu Daniel. Senhor de 60 e poucos anos com marcas de trabalho pesado no rosto, ele perdeu tudo que tinha no Alto Baú, região mais atingida pelos deslizamentos - casa, carros, a fabriquinha de cachaça e, pior que tudo, 4 netos e um irmão deficiente. Hoje, vive de doações de roupas e alimentos e está alojado na casa cedida por um amigo. Ao revirar alguns sacos de roupas doadas encontrou um casaco - na verdade, UM SENHOR CASACO DE COURO E PELE. Pela sua humildade percebeu de cara que ninguém da família dele jamais iria usar tamanha ostentação e deixo-o de lado. As netas, brincando, tentaram vestir o casaco e, surpresa!!! Encontraram 20 mil reais escondidos numa das mangas!!


Primeiro veio a preplexidade e a dúvida: teria alguém sido tão bondoso a ponto de mandar aquela quantia para uma familia desabrigada? Não, seria impossível por mais solidariedade que exista. Seu Daniel então resolveu descobrir a origem daquilo. Tratou de saber de onde vieram as doações e encontrou a dona do casa. É uma senhora do oeste do estado de Santa Catarina que se esqueceu que guardava no casaco suas economias. Acabou recebendo de volta todo o dinheiro. Seu Daniel, na sua honestidade elogiável devolveu tudo, sem pestanejar, mesmo precisando muito nesse momento por que passa.


Agradecida, a mulher lhe deu HUM MIL REAIS. Realmente um valor pequeno diante da situaçao do seu Daniel, mas é como ele mesmo disse:
"Eu ganhei, é honesto. Pra mim vale mais que os 20 mil que não eram meus". Chorei de emoção diante dele e disse-lhe: "Como eu queria nesse momento poder conhecer alguns milhares como o senhor. Quem sabe assim essa tragédia toda não passasse mais rápido".

8 comentários

Flagrantes do Cotidiano disse...

Lindo e inteligente como vc!

Blog Júlio Fantin disse...

Parabéns pelo blog e pelo seu trabalho. Abraço.

Ogg Ibrahim disse...

Obrigado amigos. Elogios de colegas são sempre especiais.
Grande abraço!

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia disse...

Conheci agora o seu blog. Muito legal! Parabéns! Abraço, Patrícia Silveira

Umberto Ibraim disse...

Ei Ogg, muito legal seu blog, é bom ter um espaço reservado p falar com vc e dar opniões, um abraço, Umberto Ibraim

Marly Regina disse...

Ola Ogg !!
Continuo acompanhando seu valoroso trabalho. Parabéns pelo profissionalismo com que conduz as reportagens e parabéns pelo seu blog. Muito bom.
Amigo também chorei ao assistir a reportagem do Sr. Daniel. São exemplos assim que amenizam a dor dos que sofrem nessa tragédia de SC. Que Deus conceda muita fé e coragem a toda a família do Sr. Daniel e a todos os que sofrem, para reconstruirem suas vidas.
Um grande abraço Ogg.
Marly Regina
Grupo Cavalca
Curitiba - Pr

MARCIELE disse...

Muuuito lindo...Poucos são os homens que chamam a minha atenção,vc é um deles...mais vc não é um é o cara...bjos e muito sucesso lindo!!!

Postar um comentário