domingo, 16 de agosto de 2009

A guerra é outra e ninguém ta vendo

Enquanto se discute o destino de dízimos e as falcatruas globais, o Brasil caminha por uma trilha estreita entre a falta de vergonha e o mal caratismo dos nossos políticos. Será que essa batalha a quem a Globo está dando exagerada importância, talvez por despeito ou desespero, é mais importante que os desmandos e abusos cometidos por Sarney? Será que saber o destino do dinheiro de oito milhões de fiéis da igreja evangélica é mais importante que saber o destino do dinheiro de mais de 190 milhões de brasileiros que pagam impostos? Pelo amor de Deus gente, uma podridão muito maior reina nos bastidores de Brasília, é denunciada há muitos anos, mas nada acontece. O que vemos são os mesmos lideres de quadrilha - essa sim uma quadrilha de verdade - que há muitos anos vem dilapidando os cofres do nosso país às nossas custas e ainda nos despreza como se fôssemos ignorantes ou simples fantoches nas mãos deles. Sarneys, Collors, Calheiros... esses sim deveriam ser alvo do Ministério Público, da Polícia Federal, da Justiça Brasileira. Mas como todos andam de mãos dadas, nada acontece.

Nós brasileiros somos ignorantes. Nos frustramos e até nos rebelamos quando um fim de novela não é o que esperávamos mas não damos a mínima para o resultado de uma sessão do congresso onde arquiva-se denúncias graves contra essa quadrilha que age em Brasília impunimente. Abrimos fóruns de discussão na internet para questionar o último vencedor dos BBB da vida mas não somos capazes de assinar um manifesto "Fora Sarney". Meu blog fica cheio de comentários quando falo do embate Record/Globo mas não recebe mais que tres linhas quando exponho as barbaridades que vemos na política.

Aonde vamos chegar desse jeito? Não aguento mais ver as pessoas discutirem sobre a "Fazenda" ou o "No Limite" mas nem saber o que são "atos secretos". Ou vibrar com a briga da Ivone e da Melissa e não esboçar qualquer opinião sobre o bate-boca de Calheiros-Collor-Simon. Por isso que o Brasil é o que é - o país das maravilhas onde somos um monte de Alices deslumbradas com tudo que vemos, enganadas por um coelho barbudo e um chapeleiro de bigodes fartos que tenta nos convencer que ali é o lugar ideal pra se viver.

No ultimo sábado mostrei no Jornal da Record uma denúncia grave: tripulantes de vôos comerciais de algumas empresas admitem que voam doentes, colocando em risco a saúde dos passageiros. E ninguém sabia disso porque o estado de saúde dos funcionários é escondido da empresa. Ou seja, por medo de demissões, comissários e até pilotos, sobem nos aviões gripados, com problemas psiquiátricos ou outras doenças contagiosas, e não comunicam isso as companhias porque licença médica virou sinônimo de demissão nas empresas aéreas. O gozado é que nínguem comentou isso comigo no blog e nem por email. Realmente não deve ser importante milhares de passageiros correrem o risco de ficar doentes por esse ato irresponsavel. Vou continuar escrevendo sobre amenidades ou guerra de egos. Quem sabe assim minha audiência sobe. Boa semana a todos!

6 comentários

Anônimo disse...

bom texto !!!!

Mas da proxima vez pergunta ao Bispo porque paga um valor tão alto no horario noturno
Pegunte a ele porque tem casas, carros, avião e 52 empresas so casa de campos de jordão e 10 milhão
Pergunte a ele em relação ao 10 milhões apreendidos pela policia ? notas em serie ?suspeito?
isenção e tudo no trabalho de jornalista coisa que Vcs não estão tendo
mprockclube@hotmail.com

SupeR disse...

Parabéns, sua visão é bastante esclarecedora! O Brasil precisa acordar para o que realmente importa: A impunidade dos políticos que roubam o nosso próprio dinheiro.

Anônimo disse...

Olá, a impressão que deu ao ler seu texto é a que o que disse, não era o que queria dizer. É o mesmo que dar um tapa e esconder a mão. Não seja covarde, fez assuma e pague pelas consequências. Se vc fez o que fez é pq esta apostando na Record. Ou vc acha que ir pra bancada do Jornal da Record não tem um custo? A questão é aceitar ou não. Quem aceita fazer isso aceita matar e depois joga a culpa no revólver. Delete esse blog ou vai ter q procurar emprego por outras bandas. Isso é repugnante. Adilson -Florianópolis

Phineas disse...

... tripulantes de vôos comerciais de algumas empresas admitem que voam doentes, colocando em risco a saúde dos passageiros..."

Eu não vi, mas creio que a revelação é mais séria do que possamos imaginar. Um piloto doente no ar é um suicida em potencial. Por onde anda o sindicato dos aeronautas que ainda não denunciou publicamente o problema?
Por que esta reportagem não foi veiculada no no Domingo Espetacular?
O Amorim tricotando com duas policiais cariocas foi mais importante, não é?

Paulo disse...

Ogg, repugnante é ver jornalistas jogando no lixo sua credibilidade, como você e a Ana Paula Padrão.

Se a Igreja Universal não tem ingerência sobre a Record, o jornalismo da emissora não deveria ser incumbido de defendê-la de forma veemente e tentar virar, em forma de sofismas, a atenção do público para uma suposta "perseguição da Globo", quando as denúncias foram feitas pelo Ministério Público e fundamentadas pelos jornais Folha de S. Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo.

Aliás, a mesma Record já motivou ataques absurdos à FOLHA por causa de um comentário tolo feito pelo Daniel Castro em sua coluna, sobre a Record. Isso é jornalismo marrom.

Daniella disse...

Nossa, Ogg... de que adianta dar um tapa e depois assoprar? É certo que temos que vestir a camisa de onde trabalhamos, mas dizer que não é importante a denúncia de que a igreja Universal desvia dinheiro dos seus fiéis é um caso sério!! Claro que é sério!! O seu patrão tira dinheiro das pessoas humildes (na sua maioria) e aplica na record, quero dizer: pagam seu salário com dinheiro desviado!!! Se fosse políticos seria algo grave, mas como é a empresa onde vc trabalha isso torna-se irrelevante... só para vc e para quem trabalha lá! Isso é tão vergonhoso quanto os crimes cometidos por nossos políticos!!!

Postar um comentário