quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Adolescência selvagem e irresponsável


Assistindo a uma reportagem da Record outro dia, vi a "mais nova diversão" de alguns adolescentes imbecis que não tem o que fazer na vida. A reportagem mostrava que eles enrolam o tapete de borracha do carro em forma de bastão, passam de carro próximo a um pedestre qualquer e dão-lhe uma bordoada. A tal "brincadeira" dos ignorantes, que tem como alvo principalmente mendigos e andarilhos, já mandou várias pessoas para o hospital. Uma imbecilidade sem tamanho protagonizada por um bando de merdinhas que se acham machos mas na verdade não passam de mariquinhas irresponsáveis, filhinhos de papai rebeldes que descontam nos outros a raiva que tem da vida. Raiva de que?

Ligamos a TV e vemos outro bando de merdinhas atacando, covardemente, homosexuais na Avenida Paulista com lâmpadas fluorescentes. Um bando de covardes que só agem em grupo por não terem culhões pra fazer isso sozinhos. Uma vez, filhinhos de papai atearam fogo num índio, outros quase queimaram vivo um mendigo. O que está acontecendo com nossos jovens?

Estamos cansados de ver na televisão casos como estes. Sem contar os que não vão para a TV. E o pior de tudo isso é que esses grupos que se intitulam com nomes como Gangue da Tapetada, Turma do Arrasa, Grupo da Pesada, etc... gravam tudo e colocam na internet como um troféu da selvageria. Basta acessar o Youtube para assistir a toda essa barbaridade (veja algumas aqui).

Penso o seguinte: os adolescentes de hoje que só andam em grupos são, na sua maioria, uns cagões. Não tem coragem para abordar mulher sozinhos, nem para provocar alguém. Só o fazem porque tem o apoio dos colegas. É uma maneira de ter deles a conivência, a cobertura e a cumplicidade necessárias - é o medo de levar a bronca sozinho também.

Tudo isso, na minha reles opinião, é provocado por uma sociedade cada vez mais competitiva. E a competição acontece dentro dos próprios grupos de adolescentes: quem tem o melhor celular, o melhor laptop, qual pai tem o carro mais caro, quem mora no melhor apartamento e QUE TEM MAIS CORAGEM DE FAZER ISSO OU AQUILO! O que essa molecada irresponsável não tem noção é do quanto estão se tornando superficiais e vazios. Será que, postando vídeos assim na internet vão ganhar mais admiração das meninas da turma? Pobre deles que não sabem que diante delas estão se tornando ainda mais insignificantes.

Na minha época de adolescente (é... faz tempo!), "mandar bem" em alguma coisa era saltar com a bicicleta a rampa mais alta, correr tanto metros em menos tempo, prender a respiração o máximo possível na piscina e outras ingenuidades mais que não prejudicava ninguém, não machucava ninguém (a não ser os arranhões que sobravam vez ou outra). Enfim, não tentávamos ser "fodões" em nada que pudesse nos dar o título de "imbecil do ano". Bebíamos sim, ficávamos de fogo e aprontávamos bastante. Mas nada que superasse a natureza animal dos idiotas de hoje. Espancar ou colocar fogo em alguém era uma coisa não fazia parte da nossa cultura nem da nossa índole.

E sabe de quem é a culpa? De nós, pais. Não quero generalizar mas a maioria, principalmente da classe média, enche seus filhos com tantos mimos e proteção que eles fazem o que fazem pra saber até onde a redoma cobre. E quanto mais aprontam e mais recebem o perdão ou uma simples passada de mão na cabeça, mais se tornarão seres-humanos irresponsáveis. De-lhes um carro, um celular da moda, laptop top de linha, roupas de grife e dinheirinho pro fim de semana sem cobrar nenhum retorno, sem cobrar-lhes responsabilidades e aquele tapete de borracha na mão deles estará sendo guiado pelas suas próprias mãos.

Os pais desses moleques deviam deixá-los apodrecerem numa cadeia ou numa Febem qualquer para que um dia ainda tenham a chance deles se tornarem alguém na vida.

4 comentários

Anônimo disse...

boa materia
sou de cajuru cidade que voce morou por muito tempo
sou filho do nenzao
ele fala que estudou com voce ele ta mandando um abraçao
continue assim

O Planeta em Movimento disse...

Segundo a o ONG SaferNet em 2010 as denúncias de homofobia cresceram 88% em relação ao ano de 2009. Um dos principais canais onde esses jovens demonstram todo o seu ódio é através do Orkut com várias comunidades criadas para disseminar conteúdos homofóbicos e até com "lições " de como matar homossexuais.Os valores culturais da sociedade parecem está entrando em declínio, principalmente quando se trata das novas gerações. Olhe o que acontece hoje nas escolas, com professores e diretores sofrendo ameaças e agressões. Imagina o que se passa na mente desses jovens se não têm respeito por seus mestres, devem desprezar também seus pais e odiar tudo o que se move ao seu redor. Uma pena, poderiam fazer tantas coisas boas e perdem tempo com coisas tão estúpidas. Lógico que não podemos generalizar, temos felizmente jovens de grande valor e boas atitudes em nosso País.

Anônimo disse...

Pois é,né? E ainda vem com aquela conversa de que "são só crianças" como disse a mãe de um deles. Ora minha Sr.a eles são criminosos de deveriam estar em uma jaula apanhando pra ver ser criam vergonha.Mas como eles tem dinheiro nada vai acontecer. E depois se admiram se o grupo atacaado ataca com força redobrada e acaba ate matando alguem. Não digo que isso esta certo, o qeu digo é que para cada ação existe uma reação.Castigo pra valer nesses vagabundos.

Anônimo disse...

Eu acho que faltam duas coisas neste pais. Justiça verdadeira com punição para esse tipo de imbecil e vergonha na cara de pais e "responsaveis" pelo comportamento idiota de seus filhos. A mão de um deles teve a cara de pau de dizer na TV que eles eram apenas crianças que estavam chorando na delegacia.. coiyadinhos né? vc naõ tem pena deles?
Eu colocaria todos numa jaula apanhando de chicote pra criar vergonha na puta da cara..

Postar um comentário