segunda-feira, 13 de junho de 2011

Vou ser pai. AI MEU DEUS!!


A ficha está começando a cair na mesma proporção em que a barriga cresce. E ainda bem que não é a minha. É... vou ser pai! De novo. Mas desta vez, de fato, não só de direito. Fui de direito a partir de 1991 quando tive o prazer de criar duas filhas no meu primeiro casamento. E elas são minhas grandes paixões até hoje. E jamais vou abrir mão de ser o "pai" delas. Assim como elas não abrem mão de serem minhas filhas. Mas elas já estavam grandinhas - Thaysse e Thassyane tinham 5 e 3 anos, respectivamente. Pegava no colo, colocava na cama, ouvia choradeira, dava bronca... mas não trocava fraldas nem dava mamadeira. Elas já tinham passado dessa fase fazia tempo. Agora não! Isso se tornará real.

Conversando com um amigo ele me disse: "Cara, você vai ver a barriga dela crescer, vai sentir os chutes, vai assistir aos ultrassons... mas tua ficha só vai cair mesmo quando você estiver na maternidade e segurar nos braços aquela coisinha enrrugada e roxa. Aí sim vai sentir que virou pai!". E acho que isso é mesmo verdade. Tenho curtido demais a barriga crescendo, os ultrassons onde o "feijãozinho" dança, o som do coraçãozinho batendo. Mas ainda parece que aquilo tudo ali não é meu. E não vejo a hora de ver que É MESMO!!

As vezes me sinto um perfeito babão, conversando com a barriga da minha mulher, usando o umbigo como megafone. E o pior: como ainda não sabemos o sexo, fica aquela coisa de "Oi meu bebê, minha bebê. Você tá quentinho, quentinha aí dentro? Essa menininha, menininho tá dando trabalho pra mamãe". Minhas frases tem quase o dobro do tamanho pra incluir os dois gêneros. Quando levanto a cabeça vejo as minhas duas cachorrinhas me olhando de forma estranha como quem quisesse dizer uma pra outra: "Coitado, tá maluco esse cara!".

Na verdade, estou curtindo uma fase que nunca passei na minha vida, aos 46 anos de idade. Chego na banca e ao invés das revistas de carro, levo edições de "decoração de quartos de bebê", "pai de primeira viagem", "como trocar fraldas" e "limpando o vômito do banco do carro". Meu "Favoritos" no laptop está inundado de sites de saúde na gestação, exercícios para grávidas e tudo sobre enjôos. Isso porque ainda não começamos os cursos que vão nos ensinar a esquentar mamadeira, trocar fralda, dar banho e fazer ele parar de berrar. Só tenho um receio: espero que eu aprenda tudo isso até dezembro!

O mais engraçado é que também estou sentindo desejos solidariamente. Outro dia me salivou a boca só de pensar em Neston com leite. Caraca! Acho que não como isso desde os 8 anos de idade. Neston ainda existe? Alguém me arruma umas 10 latas?

E o sono dela então? Ela chega em casa da rua, senta no sofá e Zzzzzzzzzz...! Entra no carro e Zzzzzzz...! Espera na recepção do médico e Zzzzzzzz...! Não vou estranhar se alguém me ligar so supermercado qualquer dia desses e ouvir "Senhor, me desculpa mas esse era o primeiro número da agenda do telefone dela. O senhor pode vir buscar sua mulher? Ela está deitada sobre a banca de bacalhau!"

Outro dia estranhei uma postagem dela no Facebook. Era uma coisa assim: "Hoje passei o dia com enjoossssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss.... Descobri que ela cochilou escrevendo o texto.

Agora, por favor, me ajudem. Alguém aí conhece uma "comadre" portátil? Dessas que dá pra levar na bolsa e usar com o carro em movimento. Caramba, como pode sair tanto xixi de uma pessoa só? Mesmo que ela esteja fazendo por dois, impossível alguém produzir tudo aquilo! Dá pra encher os piscinões da Zona Leste! A gente tranca a porta e chama o elevador. Quando ele chega, ela abre a porta de novo e corre pro banheiro. Isso depois de 3 minutos de ter saído de lá. Quando chegamos à garagem, vai ao banheiro de novo. Se o semáforo demorar mais que 40 segundo, vou ter de achar um banheiro público. No restaurante ela passa mais tempo fazendo xixi que desgustando o camarão. E olha que nem tá bebendo cerveja, senão... Tá pior que a Telesena, que é só de hora-em-hora.

Bom, brincadeiras a parte, estamos vivendo o melhor momento de nossas vidas. Até ele/ela vir ao mundo. Depois, serão melhores ainda. Cocô demais? Vômito demais? Fraldas pra trocar demais? Choro demais? Não importa, esse é preço que se paga por um presente como esse. E, tenho certeza, vou curtir cada acordada de madrugada pra tentar amenizar aquela trombeta. Nem vou me incomodar com as pouqíssimas horas de sono.... Ai meu Deus! Será?  

16 comentários

Mari disse...

Não tenho nada a dizer além de parabéns!!!

Dilma disse...

Apesar de ter 4 filhos, você me emocionou muito com seu texto, é feito de puro amor e de muita baba, rsrs.

Thassyane disse...

Ehhh,não vou negar que aqui tbm caiu um pouquinho a ficha. As melhores partes da minha vida, são as que eu lembro de ter vc, meu pai perto de mim, presentes nas melhores fases que eu passei, e claro, ainda passo com vc sempre junto da gente.A que eu me lembro e nunca vou me esquecer, era na hora do almoço, pq era o tempo que agente ficava mais juntos, e eu podia contar tudo o que eu tinha feito na escola, e o que eu ia fazer a tarde, ver meu pai na tv e contar pras colegas que aquele ali, eh o meu pai, era o mais divertido tbm, pq eu podia encher a boca, e falar o quanto vc era o melhor..hoje eu sou uma mulher feliz, por ter sido educada e ser amada todos os dias por alguem que se importa de verdade com tudo o que me deixa feliz, triste, preocupa,ansiosa, e diversas outras coisas..mais o melhor de tudo, eh que eu vou ter um Irmao (a) que vai ter a sorte igual a minha de ter essa pessoa como pai. E eu vou ser a irma mais babona e e pegajosa q ele(a) vai ter. Te amo Amo- os rs..

Carolina disse...

Cara, imagino a minha mae chorando lendo esse artigo, ela me disse com tanto carinho, eu tive que vir ler. parabens papaizão..

Daniela Costa disse...

Parabéns!!! Que ele/ela venha com muita saúde e traga muitas alegrias ao papai e à mamãe! Bjs!

Daniela Costa disse...

Parabéns!
Que ele/ela venha com muita saúde e traga muitas alegrias ao papai e à mamãe!
Bjs!

Mariana Canto disse...

Parabéns Ogg e Débora!! lindo texto, realmente este é o melhor momento de nossas vidas. Curtam cada segundo e depois só melhora quando voce ve aquele sorriso olhando voce e chamando mamãe e papai...Parabéns, muitas felicidades!!

Débora Quirino disse...

Decidir ter um filho envolve muitas questões e uma grande responsabilidade. A gente precisa se prepar emocionalmente e financeiramente. Precisa parar e decidir se realmente está pronto pra ser responsável pelo resto da vida por outra pessoa e ter a consciência de que vai passar ao segundo plano assim que aquela coisinha enrrugadinha vier para nossos braços.
Mas antes de tudo, eu olhei pra voce e pra sua história e "VI" que homem nenhum seria melhor pai para meu bebê.
E por voce ter visto em mim a mãe do teu filho, te agradeço e te amo, cada dia mais.

THAYSSE E DIEGO disse...

Vc eh maravilhoso e vai ser mais uma vez o melhor pai do mundo, te amo de mais e obrigado por fazer parte da nossa vida , por nos dar tanto valor ,porque o que mais importa eh estar presente sempre nos ajudando, consolando quando o primeiro namorado muda de cidade hehehehe , dando bronca ,buscando e levando na escola, presente e todas as ocasioes importantes de nossas vida, e nos amando como vc ama: demaisssss. vc e a debora merecem tudo de bom, esperamos esse irmao ou essa irmazinha com muita ansiedade bejussssss e Parabensssss. aqui nao cabe tudo oque vc significa em nossas vidas te amooooooooooooo...

Aline Russell disse...

Parabens Ogg e Debora pelo lindo presente do Papai do Ceu na vida de voces. E realmente maravilhoso acordar de manha e ver aquele lindo sorriso no berco olhando pra vc. Um gd beijo

Clecy disse...

Amei!!! É assim mesmo! Você está preparado pra fazer zzzzzzzz depois de dezembro??? kkkkkk

Sig Souza disse...

Pois é meu caro. Eu sou pai ha 30 anos e sei do que vc esta falando.O nascimento de uma criança é quase magico é um verdadeiro milagre. É a Natureza mostrando o quanto temos que aprender para entender todos os seus mistérios.E acima de tudo é um sentimanto indescritivel. Só quem ja passou por isso sabe o que é. Saude e vida longa para voces e seu bebe.

Karen disse...

Que lindo texto e que maravilhosa fase! Admiro os jornalistas que REALMENTE sabem escrever!

Gi disse...

Parabéns Ogg, parabéns Débora!!! Fiquei muito feliz por vcs...Com certeza ter um filho é um grande presente de papai do céu!! Q ele ou ela venha cheio de bençãos para iluminar ainda mais a vida de vcs!!! Adorei sua postagem, pois acredito q ninguém nasce pai, mas se faz pai à medida q participa e divide cada segundinho , desde a concepção até o nascimento...depois nem se fala...

Giovanna disse...

Parabéns Ogg e Débora!!Fiquei muito feliz por vcs, com certeza um filho é um grande presente do papai do céu.
Adorei sua postagem, pois acredito q ninguém nasce pai, mas q um grande pai se faz dividindo e sentindo cada segundinho, desde a concepção até o nascimento, depois...nem precisa mais falar, né?
Q ele/ela venha cheio de saúde e q traga ainda mais luz para vcs. Abraços

Anônimo disse...

parabens papai uma criança e uma bençao maravilhosa curta cada momento ddeus abencoe vc e sua familia e que essa criança so traga vitoria e alegria a vcs

Postar um comentário